Holambra pelos olhos de uma moradora formada em turismo!

Prazer, sou Ivonne!

Quer me conhecer melhor? Vambora!

Olá! Sou a pessoa mais suspeita para falar de Holambra, porque eu simplesmente AMO esta cidade! Foi aqui que nasci, cresci e escolhi para chamar de lar.

Filha de imigrantes holandeses, levo no sangue a história de meu povo, minhas raízes e minha cultura. Meu jeito de ser (e a minha cara) é, certamente, um belo mix de holandesa abrasileirada (ou seria o contrário?) rsrs

Desde pequena, minha família sempre me estimulou a participar das atividades da cidade. Ah! Quantas Gincanas de Charretes participei! E a Expoflora? Foram 12 anos dançando com os tamancos de madeira nos pés!

Com o tempo, fui percebendo esta minha paixão. E posso dizer, sem modéstia alguma, que tenho me esforçado para ajudar a manter viva muitas de nossas tradições e, melhor, levá-las ao seu encontro! É por isso que escolhi o turismo como minha profissão, hobby e propósito de vida!

Eu, com 10 aninhos, no meu primeiro ano de dança folclórica holandesa.
Participando do meu primeiro estágio da Faculdade: fazendo passeio turístico na Expoflora.

Durante a faculdade, aproveitei para fazer alguns estágios em Holambra: fui monitora de passeio turístico, estagiária de atendimento ao turista no Grande Portal Turístico, assim que ele foi inaugurado em 2004 e ainda colaborei na criação do primeiro Plano Diretor da cidade.

Logo após, tive a oportunidade de morar e aperfeiçoar meu conhecimento de línguas na Espanha, Holanda e Canadá. Conhecer mais a fundo a terrinha dos meus pais fazia muito sentido para mim. Primeiro porque boa parte da minha família ainda vive por lá. A minha avó materna, que emigrou para o Brasil, tem mais facilidade de falar holandês, então eu prefiro usar este idioma quando estou com ela. Ademais, trabalhando com turismo em Holambra, seria inevitável que eu fosse precisar desse idioma em algum momento.

Quando voltei, em 2007, fui convidada a gerenciar o Holambra Garden Hotel, que tinha acabado de inaugurar. Foram 6 anos de muito aprendizado. Durante este período, representei a empresa no Núcleo de Hospedagem, um grupo de hoteleiros criado pela Associação Comercial e Empresarial de Holambra, a fim de ajudar a desenvolver o setor.

Em 16 de março de 2013, nascia o Portal de Holambra. Como eu recebia muitas pessoas de fora, que me faziam sempre a mesma pergunta, “o que fazer em Holambra?”, acabei transferindo parte do meu conhecimento sobre a cidade para uma plataforma mais acessível a todos.

Fazendo graça numa seção de fotos no Holambra Garden Hotel. Porque a gente tem que se divertir um pouco também, né?

Momento de assinatura do Convênio com a Associação Povos Unidos e a Prefeitura de Holambra.

Em 2009, fui eleita presidente do COMTUR, o Conselho Municipal de Turismo e, pouco tempo depois, convidada a dirigir a pasta de turismo na Prefeitura. Foi quando eu deixei o hotel. Ser Diretora de Turismo, me proporcionou a oportunidade de aprender como funcionam as coisas do lado de lá. Entre algumas de minhas conquistas, posso citar a criação da disciplina de turismo nas escolas municipais e a entrada de Holambra no Circuito das Águas Paulista.

Foi também neste período que eu assumi uma missão: passar a gestão do Moinho Povos Unidos para a associação de mesmo nome. Foram quase dois anos brigando com a papelada mas, em março de 2015, finalmente assinamos o convênio. Que alegria! E como eu fiz parte de todo o processo, acabei ficando na associação, da qual fui vice-presidente entre os anos de 2019 e 2020.

Mas a burocracia e morosidade envolvida no setor público não combinavam muito com o meu perfil empreendedor. Pouco mais de um ano depois, acabei optando por desligar-me deste cargo e começar uma nova fase profissional. Assumi a administração da empresa dos meus pais, junto ao meu irmão.

Enquanto isso, aproveitei para tirar da gaveta muitos dos meus planos que tinha para Holambra, mas que não tive a oportunidade de realizar. Foi quando o Portal virou empresa.

Os primeiros trabalhos que desenvolvi, foram a criação de Guias a Roteiros Turísticos, que ainda faço até hoje. Se você encontrar um mapa turístico de Holambra, lembre-se de mim! Fui eu quem o fez! Também ministro cursos de turismo para os funcionários das empresas de Holambra, entre outras coisas.

Lançamento do meu livro “Holambra in Foco”, em comemoração aos 70 anos de Holambra.
Produção de endívias na câmara fria.

Já em 2020, quando a pandemia do Coronavirus chegou, nossa empresa familiar acabou fechando suas portas. Foi um ano muito difícil para nós. Mas, como tudo tem seu lado positivo, encarei o fato como uma oportunidade de mergulhar de cabeça no turismo de Holambra. E aqui estou! Inventando, transformando o turismo e criando novas oportunidades. Me aguarde! rsrs

Como você pode ver, a história da minha vida pessoal e profissional estão intimamente ligadas. Sinto-me privilegiada por ter tido a oportunidade de nascer e crescer numa cidade cuja qualidade de vida são referências nacionais. De encontrar tantas portas abertas para desenvolver minhas habilidades profissionais. Sei como isso é raro e precioso.

É por isso que a minha missão é fazer você se apaixonar por esta cidadezinha charmosa e encantadora! E eu faço isso, prioritariamente, abastecendo toda a cadeia com informações turísticas, sejam elas através dos cursos que ministro, pelos guias e roteiros que imprimo, por este portal que mantenho, ou pelas redes sociais, que disponibilizo para manter um contato mais próximo de você! Aproveita e curte, segue, compartilha e comenta! Assim você me ajuda a levar um pedacinho de Holambra para as pessoas que também amam este lugar!

Então bora, que tem muita coisa boa que eu quero te mostrar!

Muito prazer, Ivonne!